Outros Trabalhos

Antes de ser Psicóloga, sou Jornalista. Tenho experiência de mais de 10 anos na área da Comunicação Social, tendo trabalhado prioritariamente com Redação e edição de textos. Escrever é algo de que sempre gostei. De hobby, virou profissão e, hoje, continua sendo parte significativa da minha vida. Este blog é um resultado disso.

Aliás, o blog surgiu em 2009, no último ano da faculdade de Jornalismo. Ele chegou a contabilizar mais de 400 textos. Em 2018, passou por reformulações, tendo os textos sido retirados.

Eu comecei a escrever aos 11 anos de idade. Eram poesias. Nessa época, cheguei a escrever mais de 300 poesias, as quais foram compiladas em um pequeno livro. Depois dessa fase, passei a escrever os textos mais reflexivos e críticos, que fizeram parte do meu blog por longos anos.

Hoje eu entendo que meu ponto forte é a Comunicabilidade Analítica, o que me leva a possuir a escrita como resultado positivo mais concreto desse ponto forte.

Prezo pela intelectualidade e busca constante pelo conhecimento, traços que me levam ao temperamento mais introspectivo. A Comunicabilidade é resultado disso porque sinto necessidade de passar meu conhecimento adquirido verbalizando ou escrevendo.

A responsabilidade é meu outro forte atributo, que me leva a cumprir com tudo o que prometo, e se há qualquer problema no cumprimento dessas promessas em decorrência de eventos externos ou não, me sinto culpada e com necessidade de compensar o outro por essa falta. Então, para evitar esse sentimento aversivo, busco concluir todas as demandas previamente acordadas.

Abaixo deixo registrados alguns dos meus trabalhos:

● Tradução de textos (português/inglês – inglês/português – espanhol/português)

● Aulas particulares de inglês.

● Apresentação do quadro Momento Psi na Rádio RCI, de Foz do Iguaçu/PR.

Experiências com Psicologia:

Comunidade da Vila Maria (favela do bairro Parque Novo Mundo de São Paulo/SP)

2017

Estagiária

● Projeto: rodas de conversa com os diversos líderes moradores da comunidade, com o objetivo de promover a autonomia dos mesmos na sustentabilidade dos projetos existentes e a serem desenvolvidos com as ideias construídas em grupo, tendo por base autores da Psicologia Social.

Supervisão: Prof. Dr. João Eduardo Coin de Carvalho.

Clínica psicológica – CPA UNIP, em São Paulo/SP

2017

Estagiária

● Estágio em clínica psicológica, com atendimentos semanais de 50 minutos na abordagem da Terapia Cognitiva Comportamental (TCC).

Supervisão: Prof. Ms. Marcelo Gonçalves.

VIDA Residencial para idosos Ltda, em São Paulo/SP

2017

Estagiária

● Estágio em Intervenção Psicoeducativa, com elaboração de oficinas de criatividade, com o objetivo de estimular o envolvimento grupal das conviventes da instituição promovendo o bem-estar com intervenções terapêuticas na abordagem da Fenomenologia Existencial.

Supervisão: Profa. Dra. Renata Capeli Silva Andrade.

ÚLTIMOS CURSOS EXTRACURRICULARES

“Luto e Suicídio: da dor de quem vai à dor de quem fica”, com a Profa. Dra Maria Helena Pereira Franco. Curae (Cuidados e Serviços em Psicologia) 2016

Recrutamento e Seleção por Competências CEAP – Cursos de Capacitação em Psicologia 2015

Comunicação eficaz: como dimensionar seu plano Comunique-se Escola de Comunicação online. Ministrado pelo jornalista e comunicador empresarial, Luiz Vitiello 2012.

ALGUMAS PRODUÇÕES CONSCIENCIOLÓGICAS:

VERBETES:

  1. Doença Retrossomática Reincidente (Parageneticologia);
  2. Catálise Recinológica Retromnemônica (Seriexologia);
  3. Inversor Existencial Retrocognitor (Invexologia);
  4. Ginossoma Reciclogênico (Ginossomatologia);
  5. Conscin Aristocrata (Parapatologia);
  6. Assunção do Megatrafor (Megatraforologia);
  7. Segredo de Família (Parapatologia).

ARTIGOS:

  1. Ribeiro, Michelly. Autorretrocognição na Invéxis. Artigo; Gestações Conscienciais: Estudos Sobre Inversão Existencial, Vol. VI; N. 1; páginas 136 a 147.
  2. Ribeiro, Michelly. Retrocognições: casuística ginoinvexológica. Relato; Gestações Conscienciais; Vol. 7; páginas 98 a 108.
  3. Ribeiro, Michelly. Metodologia para Identificação do Automegatrafor da Comunicabilidade Analítica. Artigo; Glasnost; Ano 5; N. 5; páginas 55 a 64.